quarta-feira, 23 de setembro de 2015

Esperança

É sempre a ultima que morre em mim, como eu sou um ser desprovido de inteligencia, por ficar tentando esquecer entro em um loop sem termino, esse ciclo vicioso onde eu não paro de pensar nela.
E o choque nunca é na hora e só me faz sofrer mais a cada minuto sem ela, cada dia, hora, minuto, e  as batidas do meu coração se tornam mais dolorosas quando eu penso que posso não ter mais ela comigo, eu meus braços. De início eu penso nos meus erros, remoo a todo tempo o quanto errei e pequei, o quanto fui negligente e estupido, depois disso vem a raiva, por ela ter me abandonado e desistido de mim mais uma vez, depois vem a culpa, onde me sinto mal por ter pensado mal dela e desejado que ela ficasse triste por mim. E depois de tudo isso, vem a saudade, que já não cabe mais em mim, que transborda de uma forma que não mal consigo ficar sentado, uma agitação do fundo da alma me faz querer correr atrás dela e implorar pelo seu perdão.
Eu só rezo e peço a Deus pra me trazer ela de volta, pra que ela se arrependa e volte correndo pros meus braços, pra que ela ainda sinta o mesmo amor que eu e pense em mim todos os dias antes de dormir, que ela sinta a mesma necessidade de mim que eu tenho dela.
O mais triste é o vazio que eu sinto sem ela, qualquer coisa que eu faça tem algo que me remete a ela, desde um simples acordar, ou escovar os dentes, até na hora de ir pra uma festa e procura-la em toda mulher até perceber, frustrado que ela não foi, que ta em casa assistindo algum filme no Netflix e eu lá, bebendo que nem um idiota achando que ela vai se afogar no fundo do meu copo.
Eu sinto saudade de todas os nossos momentos, que podiam ser ruins muitas vezes, mas eram nossos, sinto saudade dos momentos bons, principalmente dos bons, dela no meu ombro, de ver ela dormir e acordar assustada e eu a cobrando por querer ficar com ela, mas no fundo feliz por te-la em meus braços, ao meu lado, sentindo aquele cheiro que só ela tem, beijando aquela boca que só ela tem, de andar de mãos dadas, de sentir o cabelo dela em meu rosto, de tudo, do menor detalhe até aquele que faz a diferença.
É isso, ela faz toda diferença.

segunda-feira, 21 de setembro de 2015

A história do Carma se Concretiza!

Seguindo a linha do espiritismo, nós meros mortais reencarnamos para poder continuar a nos melhorar e pagar pelos nosso erros de vidas anteriores numa próxima, nesta. Mas a questão é que eu não irei focar nesse âmbito espiritual, até porque esse blog foi feito por mim para descrever meus dilemas amorosos e não induzir nem propagar a palavra de Deus pra ninguém. Mas sim, meu carma é real, só pode ser. Em 5 passos vou descrever como todo e qualquer relacionamento que eu tive (relacionamento sério, não que foram muitos, mas todos foram iguais e sim, idênticos)
1 - Eu me apaixono loucamente por uma menina, do pé lindo, do cabelo castanho escuro, normal e que aos meus olhos ela é maravilhosa.
2 - Eu sofro pra conquista-la, primeiro porque não disponho de um corpo escultural, de atributos fisicos dos quais a moda dita em nosso mundo, segundo porque tenho meus defeitos como pessoa, não sou perfeito e pratico a imperfeição todos os dias, como disse, estou aqui pra me melhorar. 
3 - Ai o meu amor se intensificara quando descubro que a menina tem sérios problemas relacionados a ela mesma, seja com ela, com a família, com o ex, com a cor do céu ser azul e não vermelho, com zilhões de problemas que ela tem que lidar e vão atrapalhar diretamente em nosso relacionamento.
4 - Ela tem que largar de mim pelo menos 3 vezes no ano, se não, não é um relacionamento que eu participo, ai já vem de vários fatores como, traições inexistentes, brigas idiotas, falta de dialogo, mãe se interferindo (sim, eu tive uma sogra jararaca, e das bravas e muito chatas), pensarem que mandam em minha vida e por não atingirem suas expectativas terminarem comigo pelo simples fato de pensar e agir diferente na hora de definir o MEU futuro (o qual só pertence as MINHAS decisões e o que eu achar melhor pra MINHA VIDA profissional e particular), enfim, problemas do cotidiano que se resolveriam com 2 ou 4 diálogos e que vida que segue.
5 - Esse é o ultimo estagio, depois de idas e vindas, depois de ambos se machucaram, errarem, entra o estagio onde eu sofro, até a ultimo recurso, onde eu, após tentativas incessantes de buscar a volta, o amor que ainda habita, vem o fim, o ponto final, onde eu simplesmente depois de muito tempo sofrente encontro a felicidade que habita somente em mim e caminho contrariamente onde eu costumava me sentir confortável, onde eu me sentia feliz e encontro a uma nova felicidade em um outro alguém.
Eu estou no estagio 4, novamente, pela 3 ou 4 vez, e dessa vez, eu torço do fundo do meu coração pra que eu me acerte com ela, porque quanto menos eu esperar, vou seguir pra uma nova jornada e passando uma borracha no meu mais novo futuro passado.
É como um filme, pois, depois que eu desisto e decido viver a minha vida, todas se arrependeram e voltaram atrás, não que eu seja perfeito ou maravilhoso, longe disso, mas meu amor é puro e quando eu amo, eu amo pra valer, mas quando eu não quero, eu sou a pior pessoa pessoa do mundo: sou muito bom, mas quando quero ser ruim, eu sou excelente!  

segunda-feira, 8 de dezembro de 2014

Juramento!

Eu jurei, pra mim mesmo, que jamais voltaria a escrever aqui. Simplesmente porque eu jurei que jamais deixaria que me machucassem como já fizeram no passado e quando decidi que não escreveria mais aqui foi pelo motivo mais simples do mundo: eu estava deixando realmente o meu passado pra trás, deixaria de viver todo aquele sofrimento, todos os maus momentos, deixaria tudo pra trás e recomeçaria. Mas ai vem a vida e me mostra que eu sou apenas uma criança, que eu não sei nada sobre ela e que mau eu sabia que ainda viriam muitos tombos por ai. 
E foi ai que o meu maior medo se concretizou e aconteceu tudo novamente. Quando eu conseguirei ser feliz? O meu erro é acreditar demais nas pessoas? Será possível que eu jamais serei feliz em minha vida? 
Cansa sabe, tomar porrada cansa. Mas venho aprendendo que a vida não é sobre o quanto você bate, mas sim o quanto você aguenta apanhar e digo de uma forma bem simples e clara: Pode bater vida, eu nasci pra aguentar porrada pra caralho. Eu cheguei a conclusão de que sofrer eu sempre irei, sempre, talvez por me doar demais, talvez por entrar de cabeça em meus relacionamentos, talvez por ter o coração muito grande, mas acima de tudo, por nunca desistir.
Quando eu pensei que reescreveria a minha historia, não imaginei que ela seria exatamente igual ao meu passado, mesmo em um curto espaço de tempo tudo se repete e se mostra igual ao antes. Até quando? Tenho tantas perguntas a serem respondidas pela vida, e só vivendo ganharei as respostas, até pelo fato de que só o tempo me mostrará pra onde devo ir e o que devo fazer, de como agir e o futuro, a esse sim, sendo igual ou diferente, eu sempre vou fazer valer a pena, cada momento, de aprendizado, de fracasso, de recomeço. Eu já recomecei tantas vezes, jamais desisti, porque desistiria agora se estou mais forte do que nunca? Pode vir vida, eu já to pronto pra amar!

terça-feira, 17 de julho de 2012

A palavra "Saudade"



“E quando eu olho pro lado esperando te encontrar e não te encontro bate aquele vazio na alma, aquela falta irreparável e vontade de correr e te encontrar chega a ser sufocante”
Se eu dissesse que a saudade é um sentimento engraçado estaria mentindo não só pra todo mundo, estaria mentindo pra mim, pois a saudade tem me corroído por muito tempo. O pior é pensar na falta que aquela pessoa te faz, em pensar que se ela estivesse ali do seu lado nada disso estaria se passando dentro do meu coração, nenhuma aflição me atingiria, se a distancia fosse pequena, se o mundo fosse mais compacto, a distancia diminuiria e as pessoas seriam bem mais felizes!
Agora, o complicado não é o sentimento saudade e sim aprendermos a conviver com ela, pois ela será passageira ou não, alguns eventos podem acontecer novamente ou nunca mais voltarem a forma real, a nossa realidade, ao nosso cotidiano, então o problema não esta necessariamente na palavra e sim em nossas mentes, na vontade de que tudo aquilo voltasse a acontecer novamente.

Um dia me disseram que o melhor remédio pra saudade ou qualquer outro sentimento que sentimos é o tempo. Desde quando o tempo tem paracetamol? Porque é muito fácil falar em esperar o tempo passar, ter paciência e etc, o problema real é ter a tranqüilidade de que o tempo possa curar, o que no caso é uma grande mentira. O tempo não cura nada, ele muda as coisas e nos condiciona a pensarmos de uma forma diferente pra cada ação que tomaremos, para que nos acostumemos e para enfrentarmos aquela situação de uma forma que não nos doa mais.
Mas algumas lembranças e alguns momentos nunca mais vão voltar, nunca mais vão ser os mesmos mesmo que tomem forma como foi um dia e tudo que aconteceu nesse determinado dia deverá ser guardado dentro de nossos corações e mentes pra que um dia lembremos não só com essa saudade e sim também com um momento especial e feliz, mesmo que algo não deu certo, foi ali que você aprendeu a seguir em frente ou ser forte, porque tudo que acontece em nossas vidas, todas nossas ações vão refletir em aprendizado pra que vivamos um dia de cada vez, com os nossos sentimentos em conflito mas com a cabeça erguida e o coração cheio de esperança!

terça-feira, 3 de julho de 2012

Mudanças, um segundo e toda a diferença!



Depois de muitos acontecimentos em minha vida e de muito tempo eu volto a escrever aqui. Eu decidi que iria me reinventar, que iria esquecer tudo que um dia me fez bem e me fez mal, todas as coisas que de alguma forma me trouxessem recordações, lembranças e decidi colocar de lado todas as minhas memórias e sonhos de lado por um instante de tempo que eu não sei ao certo o quanto irá durar pra que eu possa curar essas feridas que insistem em doer cada dia mais, que insistem em me fazer chorar.
Dói, tudo dói, cada sentimento, cada pensamento, cada lembrança, cada momento que eu vivi e que eu sei que estou me afastando, mas penso que é por um bem maior, mas sempre me questionando, a cada segundo, se tudo isso irá dar resultado, se é necessário, se será importante, imprescindível, decisivo lá no futuro!
Eu ando pedindo a deus todas as noites pra que ele arranque meu coração, pra que eu seja seco, oco, duro, pra que eu não ame mais, pra que eu não sinta mais, pra que eu não sofra mais, pra que eu seja apenas um robô porque eu nunca tive um conflito de sentimentos como tenho hoje em meu coração.
E o pior de tudo é que cada ação, por mais que mínima eu me recordo dos momentos dos quais eu luto para deixar de lado e o maior questionamento das pessoas é: Pra que tudo isso? Um dia de chuva, uma musica, um suspiro, um cheiro, uma foto, uma comida, uma bebida, um lugar, um livro, um objeto, um tropeção, uma balada, uma musica, um prato, uma lagrima, uma carta, um texto, uma escova de dente, um lençol, um papel de bala, uma aliança antiga, um porta-retrato, um remédio, um segundo, e nesse segundo cabe uma vida toda de dor, de luta e de cansaço, de vontade de colocar fogo em tudo e ver as brasas, as brasas que fazem tanto esse coração arder em dor.
Basta uma simples lembrança, um simples segundo pra que o mundo desabe novamente nos meus ombros como sempre, a diferença é que eu não sou mais forte como sempre fui, além do que estou rodeado de percas e de dor.
Eu estou cansado de jogar esse jogo da vida no qual eu sempre perco, sempre sou derrotado, massacrado e humilhado e no final quem tem que juntar os cacos que sobraram sou eu, aqui quietinho no meu quarto com o meu velho amigo travesseiro, pois por mais que amigos, família, amor tentem nos ajudar, a maior parte da reconstrução é comigo e deus, sempre foi assim e sempre vai ser.
Nessa caminha eu vou sozinho, suportando a dor e o medo de ver ela longe de mim, mas eu acredito naquele ditado de que para toda glória é necessário um sacrifício e acredito mais ainda que a minha glória seja a maior de todas, pois o sacrifício que eu faço, só eu sei o tamanho e o peso, a dimensão dele!

quinta-feira, 12 de janeiro de 2012

A quanto tempo que não paro para escrever palavras de amor?

Eu realmente ando ausente na escrita, talvez porque me faltam palavras ou inspiração, talvez porque eu não tenha mais motivos pra escrever palavras que transpirem tristeza ou dor, o motivo ao certo eu não sei, só sei que nunca fui feliz como nesses últimos meses, esse ano que se passou foi simplesmente sensacional, digo isso no amor.
Finalmente depois de muita luta e de muitas batalhas perdidas o cabeça dura aqui que tomou mais pancada que qualquer pessoa atingiu o seu objetivo.
Mas será mesmo que atingi?
Afinal, eu parei pra me perguntar qual seria o meu objetivo desde que vi aquela menina linda, com aquele sorriso bonito de olhos penetrantes, qual era o meu objetivo e chego a conclusão que tudo que eu mais queria não era só ficar junto dela, pois isso seria simples demais pra um cara apaixonado, um cara que ama. Minha maior meta é fazer aquela garota, que hoje é mulher, diga-se de passagem, a pessoa mais feliz do mundo e me surpreendi quando descobri que só tenho o resto da minha vida pra atingir essa tal meta, o que é relativamente muito pouco, muito mesmo.
Digo pouco porque nem que seu viver mais cem anos eu conseguirei dizer todas as palavras de amor que eu guardo em meu coração, nem demonstrar o tamanho do meu amor que alem de incalculável é inimaginável, e que de tão grande mal cabe nesse coração mortal.
O nosso amor não está escrito nas estrelas não meu amor, está escrito no pergaminho de deus que fica guardado no bolso direito de seu paletó, de tão especial e importante que é
Um dia eu li essas palavras em algum lugar:

“Quer saber o tamanho do meu amor?
Calcule todas as estrelas do céu
Somadas a todas as gotas d’água dos mares e rios
E multiplicadas por todos os grãos de areia dos desertos”

Hoje eu vejo que isso não se aplica a mim, pois meu amor não tem exatidão, não tem conta suficiente que possa calcular a dimensão e o tamanho deste sentimento que guardo comigo e a palavra “infinito” já se tornou clichê, tudo que vivemos é muito maios que o infinito.
Quero te agradecer por me fazer o homem mais feliz do mundo, por me fazer sentir a pessoa mais especial de todas, por essa cumplicidade, compreensão, preocupação, zelo, carinho, afeto, amor, sinceridade, fidelidade, adoração e saiba que tudo isso é mais que recíproco e essencial para mim, eu te amo!

quinta-feira, 1 de setembro de 2011

E já choveu tanto meu amor!



Posso comparar meus olhos ao céu, pois foram deles que cairão tantas e tantas lagrimas, que representaram cada gota de uma chuva de inverno, gotas frias como o desespero que eu sentia ao perceber que eu não poderia ter você, não ainda.
Os raios foram como os meus pensamentos, que cada vez que caíram me atingiam brutamente e que agora vem me fazer enxergar com um estrondo de lucidez, que finalmente estamos juntos, que finalmente estamos felizes.
Minha fé é inabalável quando se trata do amor, quando se trata de você, minha vontade de superação venceu todas as tempestades que enfrentei, confiei em deus e confiei mais ainda em mim, em minha força. Minha desesperança se apagava e sucumbia quando esporadicamente eu via aquele seu sorriso lindo, imagina agora que vejo diariamente.
A tempestade que era avassaladora, que vinha e tentava destruir tudo só serviu pra me mostrar o quanto minhas estruturas são fortes, a prova de qualquer desastre e que a minha superação deveria servir de exemplo pra qualquer pessoa que sente seu coração bater mais forte por alguém.
Não digo que sou uma fortaleza porque tenho pontos fracos, mas digo que aprendi a explorar meus pontos fortes pra que esses pontos fracos fossem esquecidos, deixados de lado em um porto escondido onde minha confiança e desejo inabalável de ter você cuidavam pra que eu jamais descobrisse que eu poderia desistir.
Escondi por muitas vezes de mim a minha falta de amor próprio, escondi de mim mesmo uma verdade inventada por algumas pessoas de que nada daria certo.
Eu sei quem trama e quem ta comigo!
Só quem esteve do meu lado sabia da minha esperança, conhecia meu espírito de luta e a minha força de vontade em ter você.
Hoje vivemos a calmaria de uma amanhecer, de um lindo nascer do sol que assistimos como meros coadjuvantes, mas que na verdade somos protagonistas da mais bela historia linda de amor de todos os tempos que ainda não foi contada mas que deveria vira filme, livros, contos e até uma novela.

Musica do Texto: Adele – Rolling in the Deep 

Fechei os olhos e segui!




Se prepare, pois não será fácil, vão ter apontar na rua, te julgar pelo que talvez você não seja e te julgar sem direito a defesa.
Mas quem liga? Se eu me importasse com o que pensam de mim eu não seria quem sou hoje, não teria feito 5% de tudo que eu vivi e não seria o cara mais feliz do mundo hoje!
Agüentei criticas, tampei meus ouvidos para coisas irrelevantes, não desisti, persisti, acreditei no impossível e hoje colho os frutos de uma batalha que já estava quase perdida.
Sobra-me tanto orgulho de todas as minhas atitudes no passado, eu sabia que um dia eu seria recompensado com muito amor, carinho e compreensão.
Contrariei a lógica, fui forte quando estava frágil, fui duro comigo mesmo por ter pensado em desistir, me senti muitas vezes a pessoa mais triste do mundo por ter que passar por inúmeras situações que ninguém esta ou estará preparado pra agüentar. Mas eu estive ali, persistente, duro na queda, pois sem luta não há glória.
Nunca ninguém acreditou que eu seria capaz de amar alguém assim, nunca ninguém imaginou que um homem poderia ter um amor deste tamanho e soubesse demonstrar, transparecer como aconteceu comigo e às vezes nem eu acreditei que essa historia teria um final feliz, aliás, um recomeço feliz, pois uma historia de amor nunca tem fim, ela persiste e insiste pela eternidade e a minha historia começou a ser percorrida agora, e ainda tenho muito, muito que caminhar.
Sempre haverá tropeços, aprendi isso com meus erros, mas com esses erros aprendi que tropeços são feitos pra nos fazerem mais fortes e pra que possamos levantar e caminhar céleres sempre aprendendo a errar cada vez menos e nos fortalecerem a cada dia, também descobri que a cada tropeço fico mais forte, fico mais obstinado a me levantar mais uma vez e fazer o melhor que eu puder pra nós.
Só eu sei o quanto me faz feliz viver cada ato desta peça teatral, de uma vida real, cada cena que se formou em minha mente um dia e que se repassa no meu dia-a-dia é uma realização indescritível, talvez porque eu sonhei com isso cada dia da minha vida de sofrimento e angustia que agora não consigo expressar esse tamanho de felicidade.
Só sei que me orgulho a cada dia que passo do lado dela, a cada beijo que eu lhe dou e a cada olhar que eu tento expressar esse orgulho que sinto por não ter escutado a oposição, por ter escutado e seguido o meu coração mesmo às vezes perdendo totalmente a razão.

Hoje eu se qual é a sensação de encontrar a tal luz no fim do túnel! 

quarta-feira, 13 de julho de 2011

34 meses!

Não precisaria descrever nada aqui, meus olhos dizem por mim, meu coração bate em forma de canção te mostrando meu amor, a paz que eu sinto quando te toco, quanto te beijo e a felicidade em ter você.
Muitas vezes não preciso nem te olhar pra saber o que esta pensando, qual o seu desejo.
Eu adoro suas reclamações, seu ciúmes, seus gestos, suas palavras, seu sorriso singelo e discreto, sua risada, seu cheiro, seu cabelo roçando em mim, sua respiração.
Paro e penso o quanto fui forte por nunca ter desistido e hoje eu me orgulho muito por isso, sei o quanto foi importante ter batido e pé e dizer que você ainda daria valor em tudo que sempre senti.
Minhas palavras foram como profecia e hoje você vem me agradecer por eu ter sido quem eu sempre fui, um romântico das antigas que sempre demonstrou o que sentiu, esperando um futuro prospero no qual nós ficaríamos juntos.
E esse dia chegou não foi?
Ainda não acredito quando sento em algum lugar pra jantar com você ou quando vou te buscar em sua casa, atitudes simples para os outros, mas muito importante para nós e que há tempos atrás seria impossível, inimaginável.
O engraçado é que muitas coisas mudaram, inclusive meu amor que só cresce cada vez mais por você.
Nossa historia encheria livros e fariam vários filmes, verdadeiros contos de fada, que eu até me assusto quando acordo em pensar o quão feliz você me faz.
Só tenho a lhe agradecer por ter se dado conta do nosso amor em tempo de não me perder, de me dar o valor devido, por me amar, por me respeitar, por estar do meu lado, por ser quem é e por nunca me deixar sozinho.
Eu te amo.

domingo, 12 de junho de 2011

Felicidade que transborda!



Quando mencionam a palavra amor, logo vem você em minha cabeça.
Historias, idas e vindas, tanta coisa que aconteceu durante todo esse tempo que estivemos juntos, mas separados e eu me recordo de cada cena, cada ato, como se tudo isso fosse uma grande peça teatral de amor na qual não existe fim e vai ser encenado para todo o sempre, cada dia adicionando pitadas de fases que passaremos juntos.
E durante todo esse período esse é o nosso primeiro dia dos namorados juntos e ninguém tem idéia do quanto isso significa pra mim, o quanto isso é importante.
Alguns vão dizer que é apenas um dia, que é apenas uma data, mas pra mim é mais um dia maravilhoso que eu vou passar ao seu lado, sentindo seu toque, seu gosto, tendo você comigo, encostando em sua carnê e sentindo sua respiração.
Só eu sei o quanto dou valor em cada detalhe, cada fala, cada olhar, cada abraço, cada respiração profunda.
Só deus sabe o quanto eu estou feliz, só ele, e eu que sempre fui de falar abertamente o que sentia, nunca tinha vergonha de expressar o que eu sinto dessa vez eu falhei, pois é tanta felicidade que eu não consigo expressar nem um décimo dela, não consigo transpassar ela pra ti.
Tudo dando certo, felicidade transbordando e eu só tenho que te agradecer por ter se dado mais uma chance, e agradeço a deus por ter me dado forças pra agüentar cada dia de sofrimento que eu passei, por ter chorado muitas vezes em meu travesseiro, por cada sentimento de angustia e solidão que eu agüentei, por ter levantando a cabeça e ter vivido um dia de cada vez pois eu sempre soube que eu iria ter você pra mim.
Eu venho dizer essas palavras pra tentar passar um pouco dos meus sentimentos que transbordam de mim, quem me conhece e olha nos meus olhos sabe o quanto eu ando radiante, dando sorrisos de bom grado, rindo de bobeiras, um jovem apaixonado mais do que nunca.
Espero que isso dure mil anos ou talvez a eternidade, mas não quero colocar datas, tempo e muito menos pensar que vai ser pra sempre pois vou viver um dia de cada vez como vivi antes e sentir esse amor que você esta disposta a me dar cada dia mais.
Eu te amo!